Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Diretoria de Inteligência

.

À Diretoria de Inteligência compete:

I – elaborar e apresentar o seu Plano Anual de Ação, observadas as diretrizes do Comando da Guarda Municipal;

II – coordenar e integrar as atividades de inteligência de defesa social no âmbito de atuação da Secretaria Municipal
de Defesa Social;

III – identificar, acompanhar e avaliar as ameaças reais ou potenciais no âmbito de atuação da Guarda Municipal;

IV – promover a coleta, busca e análise de dados de defesa social, alinhando sua atuação com a Diretoria
Operacional, no que couber, para execução de seus planos de ação;

V – identificar atuações sobre desempenho das diretorias e gerências da Guarda Municipal, por meio de dados
estatísticos;

VI – subsidiar, com informações estatísticas, as decisões nos diversos níveis de gerenciamento da Guarda
Municipal, da Secretaria Municipal de Defesa Social e do governo municipal nas questões pertinentes à defesa
social;

VII – produzir conhecimento para subsidiar a gestão, em níveis estratégico e tático, para o processo de tomada de
decisão e para o planejamento das ações no âmbito do Gabinete de Gestão Integrada Municipal;

VIII – buscar a integração dos sistemas de inteligência e de estatística municipais com banco de dados de ações
preventivas, repressivas e institucionais interligados entre os órgãos, estadual e federal, de fiscalização, segurança
pública e defesa social;

IX – confeccionar o Manual de Inteligência, garantindo seu sigilo;

X – propor, ao Comando da Guarda Municipal, critérios de temporalidade e classificação de sigilo de documentos;

XI – zelar e responder pelo patrimônio público colocado à sua disposição;

XII – articular e colaborar com outras unidades da Secretaria Municipal de Defesa Social em assuntos de sua
competência;

XIII – assessorar o Comando da Guarda Municipal em assuntos de sua competência; e,

XIV – executar outras atividades correlatas.