Exército capacita forças de segurança na Serra da Piedade

Agente da Guarda Civil de Contagem foi um dos 64 participantes que conseguiram concluir o curso.

Entre os dias 11 e 18 de setembro, na Serra da Piedade, 74 integrantes das forças de segurança auxiliar e pública, participaram do Estágio Básico do Combatente de Montanha, promovido pelo Exército Brasileiro. A Guarda Civil de Contagem foi contemplada com a participação de um guarda no curso.  Jeferson Denis Esteves foi o escolhido, chegando a 20 profissionais da corporação que concluíram o curso.

O curso de montanha foi introduzido anos após a participação do Brasil na 2ª Guerra Mundial, quando auxiliou os Estados Unidos na região da Itália, tendo logrado êxito nas conquistas das montanhas de Montese e Monte Castelo. O primeiro estágio iniciou em 1972 no 11º Batalhão de Infantaria em São João Del Rey.  Em 1988 o curso transferiu para o 12º Batalhão de Infantaria em Belo horizonte, onde por sua vez, o Exército Brasileiro ministra o estágio para as demais forças auxiliares de segurança, marinha e aeronáutica, a para as forças de segurança pública, polícia rodoviária federal, polícia militar, bombeiros e guardas civis.

 “O estágio de montanha é um curso extremamente difícil e de muita ralação. Ele acontece na Serra da Piedade, em um ambiente que o aluno encontra muita umidade, e ao mesmo tempo frio durante a noite e calor durante o dia. O estagiário é avaliado em rota de 3º, 4º e 5º grau, podendo transpor vias equipadas e promover marchas em ambientes operacionais de montanha, o qualificando para atuar nesse tipo de terreno”, disse o Sargento Amâncio do Exército Brasileiro, que ministrou o curso.

Segundo o comandante da Guarda Civil, Levi Sampaio, é um orgulho para Instituição saber que dentre aqueles que concluíram o Estágio Básico do Combatente de Montanha, está o nosso Guarda Civil Denis. “Sem dúvida, as experiências e vivências de novas técnicas, irão somar cada vez mais no desenvolvimento do nosso trabalho, além do estreitamento das relações entre a Guarda Civil de Contagem e o Exército Brasileiro”, declara Sampaio.

Por ser um curso muito complexo que exige muito do condicionamento físico, psicológico e de técnicas, dos 74 participantes do estágio, apenas 64 concluíram o curso.

Crédito fotos: Talita Rocha
Guarda Civil de Contagem
Jornalista: Leonardo Moreira Rocha
26 de Setembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 7 =